O atual surto de Ébola é «a mais grave emergência dos tempos modernos» e mostra que o mundo está mal preparado para responder a uma emergência sanitária crítica, afirmou a diretora-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS).

«O mundo está mal preparado para responder a qualquer emergência sanitária sustentada e severa», disse Margaret Chan, num discurso lido por um representante da OMS numa reunião de responsáveis de saúde do Pacífico Ocidental em Manila e distribuído à imprensa em Genebra.

Margaret Chan frisou que esta constatação não se refere apenas ao surto de Ébola na África ocidental, mas a qualquer outra emergência da mesma magnitude.