O texano Bob Strauss, um dos históricos líderes do Partido Democrata dos EUA, morreu, na quarta-feira, aos 95 anos, após uma vida dedicada à política, com destacados cargos nas administrações de Jimmy Carter e George H. W. Bush.

«A Michele e eu recebemos com tristeza a notícia da morte de Bob Strauss. Bob foi um dos maiores líderes que o Partido Democrata alguma vez teve e presidentes de ambos os partidos confiaram nos seus conselhos», disse o Presidente norte-americano, Barack Obama, citado num comunicado da Casa Branca.

«Confiaram nos seus instintos, na sua paixão pelo serviço público, já para não mencionar o seu sentido de humor, conhecido por todos. Foi realmente único. Os nossos pensamentos estão com os seus filhos, com a sua família e os seus inúmeros amigos», acrescentou.