A polícia do Japão prendeu uma mulher suspeita de ter sido responsável pela morte de pelo menos seis homens que teria conhecido pela Internet, informa o Globo. A mulher é já conhecida como a «Viúva negra da Internet», uma vez que a suspeita convencia os homens a darem-lhe dinheiro e depois livrava-se deles.

Segundo a imprensa japonesa a mulher chama-se Kamae Kijima e aproximava-se de homens solitários em páginas de encontros. A suspeita aplicava depois «um golpe» para conseguir dinheiro e depois acabava por matar as suas «presas». A polícia adianta ainda que a mulher disfarçava os crimes com requinte para que parecessem suicídio ou acidente.

Segundo relatos da imprensa japonesa, Kijima, de 35 anos, tinha um blog sobre culinária e trabalhava num bar na cidade de Tottori.

A sua última vítima foi um executivo de 41 anos, que foi encontrado morto por asfixia com monóxido de carbono no banco traseiro de um carro, num aparente suicídio.