A diretora dos serviços secretos dos EUA demitiu-se na sequência de críticas de republicanos e democratas, que a acusaram de não fazer tudo pela segurança do presidente Barack Obama.

Julia Pierson sai do cargo um ano depois e na sequência de um escândalo que envolveu a entrada de um homem com uma faca nos jardins da Casa Branca, no passado dia 20 de setembro. Omar Gonzalez  conseguiu saltar a cerca de proteção, entrar no complexo e aproximar-se da residência pouco depois de Barack Obama ter abandonado o local. 

Quatro dias antes de Gonzalez ter invadido os jardins da Casa Branca, um homem armado e com cadastro conseguiu entrar no elevador com Obama, quando o presidente visitou o centro de prevenção de doenças para se inteirar dos progressos na luta à epidemia do ébola.

Depois dos incidentes, a Casa Branca anunciou que ia reforçar a segurança, mas as críticas acabaram por ter mais força e Pierson demitiu-se.  Obama já aceitou a demissão e designou um substituto interino.