A Presidente brasileira, Dilma Rousseff, cancelou a viagem de uma equipa de apoio que iria esta semana para os Estados Unidos para preparar os detalhes da sua viagem ao país, prevista para outubro.

Segundo assessores da presidência brasileira, a viagem, que seria feita no próximo sábado por profissionais da segurança e do protocolo, por exemplo, não tem nova data para se realizar.

A suspensão ocorre no meio da polémica das escutas norte-americanas que terão incluído mensagens eletrónicas de Rousseff, segundo documentos divulgados no fim de semana pela TV Globo.

O Governo brasileiro pediu esclarecimentos por escrito aos Estados Unidos sobre o caso, mas não divulgou se suspenderá a visita da Presidente brasileira a Washington, prevista para 23 de outubro.

Atualmente, tanto a Presidente brasileira, como o seu homólogo norte-americano, Barack Obama, estão em São Petersburgo, na Rússia, onde participarão da cimeira do G20.