Milhões de pessoas nos estados do leste dos Estados Unidos tentam esta segunda-feira voltar à normalidade depois da passagem da tempestade “Jonas”, que provocou a morte de pelo menos 37 pessoas.

Segundo as autoridades locais, pelo menos 37 pessoas morreram devido a hipotermia, intoxicação com monóxido de carbono e ataques de coração.

A tempestade “Jonas” foi a segunda mais intensa da história de Nova Iorque, com 68 centímetros de neve, levemente abaixo do recorde de fevereiro de 2006 (60,3 centímetros), tendo em conta os registos do último século e meio.

Departamentos do Governo e escolas estiveram encerradas, esta segunda-feira, na capital norte-americana, sendo que as autoridades alertam serem ainda necessários vários dias para retirar a neve das zonas residenciais