Duas crianças foram vítimas do ataque de tubarão, na costa de Long Island, no estado de Nova Iorque. Os ataques ocorreram no mesmo dia, mas em locais diferentes. Uma menina de 12 anos e um rapaz de 13 anos foram atacados na quarta-feira. 

A menina, depois identificada como Lola Pollina, disse que estava no mar, com a água a bater na cintura, quando de repente viu uma barbatana.

Vi alguma coisa perto de mim, senti uma dor e quando vi a barbatana já estava a sangrar da perna. Saímos a correr da água para o nadador-salvador e ele nem acreditou", contou Lola sobre o incidente em conferência de imprensa. 

Lola disse ainda que o animal que a atacou tem cerca de um metro de comprimento. 

O rapaz, que também foi mordido na perna, foi atacado na praia de Atlantique. Da perna desta criança ainda teve que ser retirado um dente, que vai ser, agora, analisado para se conseguir então identificar a espécie do tubarão. 

De acordo com os especialistas, o dente e as marcas do ataque nas duas vítimas confirmam que o responsável foi um "peixe grande"

Apenas dez casos de ataques de tubarão foram registados no estado de Nova Iorque. 

O último incidente aconteceu em 1948", disse o chefe do departamento de incêndios da praia Ocean, Ian Levine.