A Polícia de Nova Iorque, Estados Unidos, confirmou que a mulher detida esta terça-feira por ter abandonado uma criança no metro da cidade, é mesmo a mãe da menina de sete meses, de acordo com o «Gawker».

Frankea Dabbs, de 20 anos, terá dito aos agentes norte-americanos que é viúva, sem-abrigo e que chegou à cidade vinda do estado da Carolina do Norte, a 2 de Julho.

«Ela sentia que não conseguia tomar conta da bebé e pensou que a estava a deixar num sítio público seguro», declarou Stephen Davis, porta-voz da polícia de Nova Iorque.

Segundo a «Associated Press», Dabbs já foi presa algumas vezes por prostituição em várias localidades da Carolina do Norte. A norte-americana ainda está a responder por um caso de assalto e faltou a uma audiência no tribunal a 1 de Julho.

O pai de Dabbs, Frankie, confessou ao canal «WRAL» que ficou estupefacto com a notícia. Frankie acrescentou que o passado trágico da filha poderá estar na origem do sucedido.

«Eu acho que isto se deve ao seu passado trágico. Ela viu o namorado e pai da bebé a ser assassinado», revelou.

Maylena Love Edmund, de sete meses, foi abandonada na estação de metro de Colombus Circle, esta segunda-feira, depois de a mãe a ter deixado na plataforma da estação e ter voltado a entrar no comboio. A polícia divulgou imagens das câmaras de segurança do metro e a mãe acabou por ser reconhecida na rua e presa esta terça-feira. A criança está aos cuidados do serviço de proteção de menores de Nova Iorque.