Os ventos fortes do tufão Noul causaram esta terça-feira cinco feridos e deixaram milhares de casas sem eletricidade à sua passagem pelo arquipélago de Amami, no sul do Japão, informou a emissora pública NHK.

Os ventos de cerca de 180 quilómetros por hora levantaram os telhados de uma dezena de casas na ilha de Tokunoshima, no referido arquipélago, causando cinco feridos.

No total, cerca de 5.600 casas estão sem luz nas ilhas Amami devido à tempestade, segundo os dados da empresa Kyushu Electric Power.

O tufão Noul atingiu hoje o arquipélago de Okinawa, no Japão, após ter passado pelas Filipinas, onde causou dois mortos.

Chuvas intensas e rajadas de vento fustigam o arquipélago, com registo de plantações e alguns edifícios danificados.

A Agência Meteorológica do Japão explicou que o Noul, o primeiro tufão da época a atingir o país, fará o seu percurso para norte, em direção à ilha de Honshu, onde deve chegar ao fim do dia.