O líder do grupo Boko Haram, Abubakar Shekay, reivindicou o massacre que atingiu Baga, na Nigéria, e ameaçou com mais violência. A reivindicação foi feita através de um vídeo divulgado no Youtube, esta terça-feira.

«Somos os únicos que atacaram o povo de Baga e que os matámos no massacre», afirma Shekay, de acordo com o SITE citado pela AP.

Enquanto o mundo estava de olhos postos nos atentados terroristas de Paris, o grupo armado islâmico Boko Haram somava raides e atentados à bomba numa chacina sem precedentes, matando mais de dois mil civis. A Amnistia Internacional já anunciou que está a investigar o massacre no Nordeste da Nigéria. 

No mesmo dia em que foi divulgado o vídeo, a procuradora do Tribunal Criminal Internacional, Fatou Bensouda, anunciou que está a examinar todas as alegações e que vai julgar os principais responsáveis pelos crimes de guerra.