O ex-presidente francês, Nicolas Sarkozy, está a ser investigado por suspeitas de financiamento ilegal da campanha eleitoral para as eleições de 2012, que perdeu para François Hollande.

Segundo a agência Reuters, que cita o procurador de Paris, Sarkozy, 61 anos, esteve a ser ouvido esta terça-feira por magistrados no Ministério Público, de onde saiu notificado sobre a investigação por “suspeitas de financiamento ilegal da sua campanha, cujos limites de gastos foram ultrapassados”.

A investigação deverá conduzir a um julgamento, o que significa que o ex-presidente poderá estar envolvido em procedimentos legais quando se realizarem as primárias em novembro, que antecedem as eleições presidenciais do próximo ano.