A Assembleia Nacional da Venezuela pediu na terça-feira ao Presidente do país, Nicolás Maduro, para apresentar os seus documentos de nascimento para acabar com as dúvidas sobre o local onde nasceu e a sua nacionalidade.

O parlamento pediu a Maduro que “facilite a este órgão plural e representativo a sua certidão de nascimento e a documentação em que se comprova que não possui dupla nacionalidade”, numa carta enviada ao Palácio de Miraflores, datada de terça-feira.

A missiva, assinada pelo presidente da Assembleia Nacional (AN), Henry Ramos Allup, indica que esses documentos “irão limpar as dúvidas suscitadas e dissipar o alarme que se gerou na população devido ao seu silêncio ou inércia face às denúncias apresentadas”.