O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu esta quarta-feira à União de Nações da América do Sul (Unasul) que promova um diálogo diplomático com os Estados Unidos, dois dias depois de Washington anunciar sanções contra funcionários públicos venezuelanos e familiares.

«Falei com o secretário-geral da Unasul, Ernesto Samper. Solicitei-lhe oficialmente que assuma uma iniciativa diplomática para evitar que os Estados Unidos continuem rumo a um beco sem saída e para procurar um mecanismo de diálogo com o Governo norte-americano e construir uma diplomacia de paz, de diálogo, de entendimento.»


O anúncio teve lugar durante o programa televisivo «Em Contacto com Maduro», transmitido pela televisão estatal venezuelana.