O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ordenou às lojas de eletrodomésticos que devolvam aos clientes o dinheiro que estes, alegadamente, pagaram a mais nos últimos meses, e instou os venezuelanos a deslocarem-se às lojas exigindo o reembolso.

«Todos os que compraram a preços mais altos, que vão aos estabelecimentos e peçam que lhes devolvam o seu dinheiro», disse.

Nicolás Maduro falava, sábado, durante uma transmissão obrigatória de rádio e televisão, em que voltou a instar os empresários envolvidos em especulações a retificarem os preços.