Nicolás Maduro acusa o Twitter de o estar a silenciar. O presidente da Venezuela fala mesmo em ataque maciço, por parte da rede social, denunciando que, de um dia para o outro, apagou milhares de seguidores da sua conta do twitter com o objetivo de destabilizar o governo de Caracas.