Desde domingo que a neve não pára de cair nos Estados Unidos. Depois de ter atingido os estados de nordeste, esta noite chegou aos estados do sudeste e do leste dos EUA, provocando cortes de electricidade, o encerramento de escolas e perturbações no tráfego aéreo.

No estado de Massachussets e de Rhode Island a neve pode mesmo chegar aos 38 centímetros de altura, segundo os serviços de meteorologia norte-americanos.

Em Washington o cenário aproxima-se de um manto branco. A neve provocou atrasos na circulação rodoviária, e mais de 23 mil lares e empresas ficaram sem electricidade.

O maior nevão dos últimos três anos na capital federal dos Estados Unidos fez com que o presidente da Câmara de Washington anunciasse um estado de alerta no domingo à tarde. Prevê-se que a neve chegue esta segunda-feira aos 25 centímetros.

Em Nova Iorque a neve pode chegar até cerca de 36 centímetros de altura, naquela que pode ser a «maior tempestade do ano», como declarou John Doherty, responsável da autoridade sanitária de Nova Iorque.

Depois de ter anulado centenas de voos no domingo, a companhia aérea Delta Air Lines anunciou num comunicado que a situação deverá repetir-se esta segunda-feira.