Com Charlotte no colo e ladeada pelos restantes quatro bisnetos e dois netos, a rainha Isabel II mostra-se ao mundo num retrato mais intimista fotografado por Annie Leibovitz.

Depois de ter sido tornado público o retrato oficial de celebração do 90º aniversário da rainha de Inglaterra, onde a monarca surge ladeada pelos três herdeiros do trono, os príncipes Carlos, William e George, surgem agora novos retratos com outros membros da família.

Na primeira imagem divulgada pela monarquia britânica, é então possível ver Isabel II com "os membros mais novos da família real". Atrás de si aparecem dois dos netos - os únicos presentes no retrato feito no Salão Verde do Castelo de Windsor - James, visconde Severn, de 8 anos, ao lado da irmã Lady Louise, de 12. Ao seu lado surgem os restantes quatro bisnetos: do lado direito, Mia Tindall, que num gesto espontâneo pegou na carteira da bisavó, e do lado esquerdo, o príncipe George, Savannah Phillips e Isla Phillips.

O momento com a Mia foi completamente espontâneo, não foi planeado. Ela pegou na carteira da bisavó e foi isso. Tirar fotografias com crianças é como agrupar gatos mas, por um breve segundo, resultou. Annie tem crianças e sabe trabalhar com elas", afirmou fonte do palácio de Buckingham, acrescentando que "a rainha queria uma fotografia com os membros mais novos da família".

 

"Foi uma tarde feliz e relaxada. Havia uma sensação encantadora [na sala]. Todos os pais estavam presentes e a ajudar a obter a fotografia certa".

Muito mais do que uma rainha

Outro dos retratos tornados públicos mostra a rainha sentada no sofá com a filha, a princesa Ana de Inglaterra. A foto foi tirada, tal como as restantes, na segunda-feira de Páscoa, 28 de março, no Castelo de Windsor. 

Na imagem, mãe e filha surgem sorridentes, com a princesa Ana a surgir com um braço protetor por detrás da rainha. Como escreve a especialista em assuntos reais do Daily Mail, Rebecca English, "o seu contentamento mostra que não há ninguém que a rainha preferisse ter ao seu lado".

A terceira fotografia tirada por Annie Leibovitz mostra a rainha Isabel II com os seus fiéis companheiros: os seus corgis e dorgis. A paixão de Isabel II de Inglaterra pelo cães começou quando o seu pai, o rei Jorge VI, lhe ofereceu o seu primeiro corgi, uma cadela chamada Susan, quando a rainha tinha apenas 18 anos.

"Os meus corgis são a minha família", chegou a afirmar.

Ao seu lado, na fotografia tirada na escadaria que liga o terraço aos jardins do Castelo de Windsor surgem Willow (Corgi), Vulcan (Dorgie), Candy (Dorgie) e Holly (Corgi). Recentemente, foi tornado público a decisão da rainha de não ter mais cães quando estes morrerem por receio de que os novos animais possam provocar uma queda da monarca britânica.

Isabel II é a rainha mais velha do mundo e está há 64 anos à frente da monarquia britânica.