O ministro jordano dos Negócios Estrangeiros, Náser Yudeh, deu este domingo o seu apoio ao plano da França para organizar uma conferência internacional que relance as negociações entre Israel e a Palestina. A informação foi divulgada pela agência oficial de notícias jordana, Petra.

O ministro comunicou a decisão ao enviado francês para este assunto, Pierre Vimont, de visita à Jordânia, durante a qual os dois responsáveis estiveram reunidos e em que foi apresentada a intenção da França em organizar uma conferência internacional, em Paris, a 30 de maio.

“Yudeh reafirmou o apoio da Jordânia a todos os esforços para encontrar uma solução para os dois Estados [Israel e Palestina], para que seja definido um Estado palestiniano independente dentro das fronteiras definidas antes do conflito de 04 de junho de 1967, com Jerusalém Este como capital”, adianta a agência Petra.