Duas cópias raras do livro «Mein Kampf» assinado pelo então jovem nazi Adolf Hitler foram leiloadas na quinta-feira em Los Angeles por 64.850 dólares (47.332 euros), informaram leiloeiros.

A licitação dos dois volumes - primeira e segunda edição - do manifesto alemão estava inicialmente estimada entre 20.000 e 25.000 dólares na venda organizada pela Nate D. Sanders Auctions.

Onze pessoas participaram na licitação dos volumes, ambos assinados por Hitler e dedicados a Josef Bauer, um membro do partido nazi.

Hitler deu os livros a Bauer como presentes de Natal em 1925 e 1926, com dedicatórias de Boas Festas, informaram os leiloeiros.

Hitler escreveu «Mein Kampf» («A minha luta») na prisão, em Landsberg. Inicialmente pretendia dar ao livro o título de «Quatro anos e meio (de luta) contra as mentiras, a estupidez e a cobardia».

«Mein Kampf», que contém elementos autobiográficos e expõe a ideologia política do nazismo, nomeadamente o antissemitismo, começou com tiragens reduzidas mas sob o regime nazi (1933-1945) teve ampla difusão, chegando a ser distribuído gratuitamente aos recém-casados.