Os destroços de um dos dois navios expedicionários britânicos desaparecidos no Ártico, em 1846, foram localizados graças a uma expedição do Canadá. O navio foi localizado perto do estreito de Vitória, próximo da Ilha Rei William, em Nunavut.

«Este é verdadeiramente um momento histórico para o Canadá», afirmou o primeiro-ministro canadiano, Stephen Harper, sublinhando que «os navios de Franklin são uma parte importante da história do Canadá, já que as suas expedições, que tiveram lugar há quase 200 anos, lançaram as fundações da soberania do [Arquipélago] Ártico Canadiano».

Os dois navios - HMS Erebus e HMS Terror - comandados pelo explorador britânico Sir John Franklin e com 129 homens a bordo, foram vistos pela última vez a navegar a norte do Canadá em julho de 1945.

A busca pelos navios envolveu seis grandes expedições desde 2008 que terminaram, este domingo, após a descoberta dos destroços por um veículo subaquático controlado remotamente.