Em Itália, foram encontrados restos mortais dentro do navio Costa Concordia, que se pensa pertencerem à única vítima do naufrágio desaparecida até agora.

O corpo de Russel Rebello, um indiano que trabalhava no navio, nunca foi encontrado. As autoridades vão agora fazer análises para tentar confirmar se os restos mortais lhe pertencem.

A família já foi informada da descoberta feita no terceiro convés do Costa Concordia. O navio naufragou na costa da ilha italiana de Giglio, em janeiro de 2012, provocando a morte de 32 pessoas.

Há duas semanas foi rebocado para Génova, onde está a vai ser desmantelado.