As operações de busca pelos desaparecidos do naufrágio do ferry sul-coreano, ocorrido há quase um mês, foram retomadas esta terça-feira, depois de o mau tempo ter obrigado à sua suspensão por três dias consecutivos.

Os mergulhadores retomaram as operações esta madrugada, depois de terem sido suspensas consecutivamente desde sábado por causa do mau tempo e consequente agitação marítima, especificou esta terça-feira, em conferência de imprensa, o porta-voz do centro de resposta ao acidente, Koh Myung-seok.

O número de vítimas mortais confirmadas do acidente com o ferry Sewol, ocorrido a 16 de abril, ascende a 275, havendo 29 pessoas que continuam desaparecidas.