“Os membros da tripulação e os passageiros estão mortos”, afirmou o coronel do exército norte-americano Brian Tribus.

O avião, um C-130, despenhou-se no aeroporto de Jalalabad.

Mas os talibãs já vieram reivindicar que foram eles os responsáveis pela queda do avião de transporte militar C-130.

A reivindicação do abate do avião foi feita pelo porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mujahid, na rede social Twitter.

 

Intensos combates na cidade de Kunduz entre forças afegãs e talibãs

Entretanto, combates esta manhã em Kunduz, no Afeganistão, forçaram residentes na cidade a procurar refúgio enquanto decorriam as explosões e tiroteios, apesar de o governo afegão afirmar que recuperou o controlo da cidade aos talibãs.

A batalha pelo controlo de Kunduz continuou apesar do apoio das forças especiais norte-americanas dado às tropas afegãs para combater os talibãs, que ocuparam a cidade na segunda-feira.

Residentes disseram à AFP que tiroteios e explosões continuaram a ouvir-se em algumas zonas da cidade na noite de quinta-feira e que nas ruas havia cadáveres de talibãs e veículos carbonizados.