Nashville, no estado de Arkansas, nos Estados Unidos, para proteger a a filha de um ano de idade

Durante este fim de semana, vários tornados atingiram pelo menos seis estados nos Estados Unidos (Arkansas, Kansas, Nebraska, Oklahoma, Texas e Colorado) deixando um rasto de destruição.

Quatro casas móveis, incluindo a do casal Monneyhan, ficaram completamente destroçadas.

“Todas as casas foram-se, havia apenas restos espalhados por toda a parte. Tudo o que podíamos ver era destroços das casas móveis, não havia nada de pé”, conta o vice-diretor do gabinete de Polícia do Condado de Howard, John Glidewell.

“Ela estava sentada no meio do chão, havia lá um buraco. Não sei como é que ela fez isto. Não tinha sequer um arranhão”, afirma Glidewell.

Passados 11 anos, ambos morreram a proteger a filha do furacão que arrasou a casa móvel de família em Nashville, no Arkansas.

Segundo o primo da mulher, Polly McCammack, a família tinha recentemente perdido um membro, a avó que “praticamente criou” Melissa e os irmãos.

“A família tem sido atingida fortemente. Eles são fortes, mas é quase como se chegassem ao ponto de ter medo de respirar”, disse McCammack.

“Esta bebé era definitivamente a vida deles. Consideravam-na a sua maior bênção. Não conseguimos encontrar dois pais que amassem mais uma criança. Ela vai crescer conhecendo a família e conhecendo o amor”, conta McCammack.

"Tem sido mau. Eu não sei se já tinha visto este tipo de destruição em Nashville desde que estou aqui no departamento há 17 anos", afirma em entrevista à KSLA o polícia do departamento de Howard, Brian McJunkins.