O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, fez, esta sexta-feira, uma visita surpresa ao Paquistão, uma viagem histórica, que marca uma tentativa de apaziguamento na relação conturbada entre os dois países.

Modi visitou a cidade paquistanesa de Lahore, e foi recebido pelo seu homólogo, Nawaz Sharif, no aeroporto, onde os dois se cumprimentaram com um abraço.

É a primeira vez que um dirigente indiano visita o Paquistão em 11 anos.

A visita marca uma nova aproximação entre as duas nações iniciada há duas semanas, durante a cimeira do clima, em Paris, onde a Índia e o Paquistão deram início a um diálogo de paz sobre o terrorismo e a região de Caxemira.
 
Dividida entre os dois países, a soberania desta região tem motivado guerras e conflitos permanentes desde a descolonização do subcontinente indiano, por parte da Inglaterra.