A família real do Mónaco, que detém os itens, vai leiloar bens de Napoleão Bonaparte, em França. Segundo a CNN, a família planeia utilizar os recursos para a renovação do seu palácio.


 
«Prefiro dar uma nova vida a esta coleção de objetos e relíquias em vez de vê-la permanecer nas sombras», afirmou o príncipe André.
 
Os itens foram originalmente colecionados pelo bisavô do príncipe, Louis II, que era um grande admirador de Napoleão.
 
A coleção inclui objetos típicos como medalhões, moedas, chaves, pinturas e esculturas. Mas algumas peças surpreendentes também serão vendidas, incluindo meias velhas de Napoleão, com um valor estimado de cinco mil euros.



Quanto ao chapéu, espera-se que alcance os 400 mil euros.
 
Nem todos os objetos são assim tão caros. Estima-se que outras peças da época, como pequenas medalhas, se vão vender por 100 euros, permitindo que todos os colecionadores possam entrar em ação no leilão.