A Polícia da República de Moçambique (PRM) de Nampula, norte do país, recorreu na quinta-feira a gás lacrimogénio para controlar um incidente entre apoiantes da Frelimo e do MDM, informaram hoje à Lusa as autoridades locais.

A disputa, segundo o relato de moradores, começou quando apoiantes da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo, no poder) invadiram as instalações da direção social do bairro Carrupeia, em Nampula, sob gestão da edilidade presidida pelo partido Movimento Democrático de Moçambique (MDM), terceira maior força nacional e que ganhou este município nas últimas autárquicas.

«A confusão começou quando a Frelimo veio trocar fechaduras das portas e colocar bandeiras na direção social do bairro», descreveu uma moradora à Lusa.