Três capacetes azuis de origem indiana morreram na sequência de um ataque realizado esta quinta-feira contra uma base das Nações Unidas no Sudão do Sul, afirmou o embaixador indiano junto da ONU, Asoke Mukerji.

Antes, a missão das Nações Unidas no mais jovem país do mundo tinha comunicado o desaparecimento dos três soldados.

Fahran Haq, porta-voz adjunto das Nações Unidas, adiantou que os 40 capacetes azuis indianos estacionados na base de Akobo, no estado de Jonglei, já foram transferidos para um campo militar do exército do Sudão do Sul. «Não estamos mais em contacto com a base de Akobo», referiu.