O alto-comissário das Nações Unidas para os refugiados (ACNUR), António Guterres, alertou esta segunda-feira, em Genebra, no lançamento do Apelo humanitário global para 2015, para a existência de «menos dinheiro, mas mais necessidades» humanitárias no mundo.
 
«Temos menos dinheiro para responder a mais necessidades», disse António Guterres, em conferência de imprensa, na qual, acompanhado da responsável pelas operações humanitárias da ONU, Valérie Amos, lançou o apelo humanitário global da organização e seus parceiros para 2015.
 
A resposta humanitária atual não coincide com as necessidades no terreno, as quais atingiram «níveis sem precedentes», segundo o alto-comissário, para quem «as necessidades humanitárias aumentam exponencialmente, mas os fundos para responder às necessidades não aumentam ao mesmo ritmo».