Treze pessoas morreram e 42 outras ficaram feridas em Espanha na sequência de um acidente de autocarro, ocorrido na noite de sábado, em Venta del Olivo, em Cienza, Murcia.

O autocarro, contratado por uma paróquia para uma excursão religiosa, caiu num barranco de uma altura de 15 metros quando regressava ao município de Bullas (Murcia) procedente de Madrid.

Segundo testemunhas contaram ao jornal local «La Verdad», o motorista gritou «não consigo travar» antes do acidente. Fontes da Guardia Civil confirmaram que o condutor garantiu que os travões não funcionaram.

Um dos feridos está em estado crítico.