Um avião da companhia aérea Vueling pediu uma aterragem de emergência no aeroporto de Barcelona poucos minutos após descolar, esta quinta-feira de manhã. Aparelho saía de Barcelona com destino à cidade alemã de Munique, avança o site da televisão espanhola Telecinco.
 
Segundo a mesma fonte, a companhia confirmou que o piloto detetou um cheiro a queimado. Por precaução, e seguindo os procedimentos de segurança, pediu para aterrar no mesmo aeroporto de onde tinha partido.
 
O voo VLG1812 tinha saído às 07:00 (hora local, menos uma hora em Lisboa) de Barcelona e deveria chegar às 09:05 a Munique. A bordo seguiam, pelo menos, 137 passageiros e seis membros da tripulação, mas o número oficial ainda não foi confirmado.
 
Incidente foi resolvido embarcando os passageiros noutra aeronave da companhia. Voo acabou por partir às 09:50, do mesmo aeroporto, rumo ao seu destino. No entanto, 12 passageiros optaram por não embarcar. Segundo o jornal «La Vanguardia» apenas oito recusaram a nova viagem.
 
A Vueling explicou que se trata de um procedimento normal e recordou aos passageiros que optaram por ficar em terra que podem pedir o reembolso do bilhete ou trocar a viagem para outro dia, sem custos adicionais.