Pelo menos 50 pessoas terão morrido, nesta quinta-feira, na sequência de um motim na prisão de Topo Chico, no estado de Nuevo Leon, no México, de acordo com a televisão local Milenio TV, citada pela Reuters.

A agência internacional ainda não conseguiu confirmar junto de fonte oficial este número.

Este motim, que começou durante a noite, acontece pouco antes da visita do Papa Francisco a uma outra prisão mais a Norte.

Há também a notícia não confirmada de que alguns presos terão escapado do estabelecimento prisional e a existência de vários feridos.

Segundo o Governo estadual, a situação já está sob controlo das autoridades, mas não foram adiantadas mais informações sobre o que ocorreu naquela prisão.

O Papa Francisco realiza a primeira visita oficial ao México na sexta-feira e na agenda tem a deslocação a uma prisão que foi em tempos considerada uma das mais violentas do mundo, na Ciudad Juárez.