Os combatentes sunitas do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIL) destruíram um templo sagrado em Mossul e o momento foi captado em vídeo.



Neste local, acredita-se que estava enterrado o profeta Jonas, da Bíblia, que na versão islâmica do Alcorão é Yunus.

O templo, um dos monumentos mais antigos e históricos do país, ficou reduzido a pó.

Antes da explosão, os rebeldes avisaram as pessoas para se afastarem e fecharam as estradas em redor.

Residentes disseram à AFP que os combatentes demoraram cerca de uma hora a colocar os explosivos no santuário.

Os defensores do ISIL já destruíram mais de 40 templos e mesquitas só na zona de Mossul.