O Peru registou o terceiro caso de febre chikungunya, depois de ter sido detetada a doença num homem de 31 anos que recentemente viajou para a República Dominicana e Venezuela, informou este sábado o Ministério da Saúde em comunicado.

O Ministério da Saúde garantiu ter adotado as medidas para controlar o caso e informou dispor da tecnologia e dos medicamentos necessários para o diagnóstico e respetivo tratamento.

Dois peruanos que viajaram para a República Dominicana no mês passado foram os primeiros a contrair a febre chikungunya, mas superaram a doença depois de receberem tratamento.