Moscovo foi considerada a cidade mais antipática do mundo, segundo uma votação dos leitores da revista nova-iorquina Travel + Leisure, que incluía vários parâmetros, como o da simpatia.
 
De acordo com a publicação, na capital russa os locais são indiferentes aos “pedidos de ajuda” dos forasteiros e quando não o são acabam por ser desagradáveis no trato. Os inquiridos também colocaram reservas quanto à gastronomia.
 
Mas numa lista de 30 cidades o domínio norte-americano é expressivo: metade são consideradas pouco amigáveis, com Atlantic City, Los Angeles, Nova Iorque, Filadélfia, Baltimore e Las Vegas a figurarem no top 10.
 
Na Rússia também fica a terceira cidade mais antipática do mundo, ou seja, São Petersburgo.
 
E a França junta-se ao ranking das menos amigáveis com Marselha e Cannes, nos quarto e décimos lugares, respetivamente. No ranking das 30 menos também surge Nice.
 
No polo oposto está Galway, na Irlanda, a cidade mais simpática para os leitores da Travel + Leisure. As irlandesas Dublin e Cork surgem nos terceiro e quarto lugares.
 
Lisboa foi considerada a 28 cidade mais amigável, com os leitores a dizerem-se encantados com a disponibilidade e simpatia dos portugueses, sem esquecer a gastronomia e as vistas.