Pelo menos três pessoas morreram e outras três ficaram feridas à passagem do tufão Kalmaegi na ilha de Luzon, norte do arquipélago das Filipinas, revelou, esta segunda-feira, o Conselho Nacional para a Gestão e Redução de Desastres.

Segundo a agência governamental, a tempestade, que está agora no Mar do Sul da China e desloca-se para o continente chinês, atingiu 22 províncias da ilha de Luzon com ventos médios de 120 quilómetros por hora e rajadas até 150 quilómetros por hora.

O tufão obrigou à deslocação de 7 800 pessoas para 36 centros de abrigo temporário.