Pelo menos 10 tigres terão sido mortos, na China, em espetáculos para entreter homens de negócios ricos. A notícia é avançada pela imprensa local, citada pelo «The Guardian».

A polícia da cidade de Zhanjiang, na província de Guangdong, apreenderam, numa operação levada a cabo este mês, o cadáver de um animal recém- abatido, noticia o «Nanfang Daily», considerado o porta-voz do partido comunista na região.

Autoridades locais e empresários proeminentes reunir-se-iam para ver o espetáculo de tigres a serem mortos. A presença neste evento serviria para mostrar posição social. O jornal relata também um vídeo, filmado há dois anos, que mostra um tigre numa jaula a ser eletrocutado e torturado.

Ainda de acordo com a imprensa local, um matador de suínos é contratado para abater os animais. Depois, as diferentes partes do animal são vendidas: os ossos valem mais de 1600 euros o quilo e a carne vale uma média de 120 euros o quilo.

De acordo com a polícia, um único matador terá morto mais de uma dezena de animais.