A epidemia de Ébola já causou 1 229 mortos, 84 dos quais em três dias, informou, esta terça-feira, a Organização Mundial de Saúde (OMS), assinalando a forte progressão da doença apesar da mobilização internacional.

Entre 14 e 16 de agosto, foram registados 113 novos casos (confirmados, prováveis ou suspeitos) e 84 mortes nos países da África Ocidental afetados, de acordo com este novo balanço apresentado pela OMS em Genebra.

No total, desde o início da epidemia em março, a OMS contabilizou 2 240 casos, dos quais 1 229 resultaram na morte do doente.