A Organização Internacional para as Migrações (OIM) revelou, esta segunda-feira, que os escritórios de Roma receberam um pedido de ajuda de águas internacionais no Mediterrâneo que alertava para três barcos em apuros, noticia a AP.

«A OIM em Roma acaba de receber um pedido de ajuda de uma embarcação nas águas internacionais, existem três navios. A pessoa que fez o pedido disse que há mais de 300 pessoas na sua embarcação e que ela está a afundar-se», disse a organização.

Já o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, revelou que as Guardas Costeiras italiana e de Malta estão a socorrer dois barcos em dificuldades na costa da Líbia. A bordo das embarcações estão 450 imigrantes.

Segundo Renzi, citado pela EFE, num dos barcos à deriva a cerca de 300 milhas da costa da Líbia - um bote insuflável -, viajavam entre 100 a 150 pessoas, enquanto que uma embarcação maior transporta cerca de 300 imigrantes.

Esta segunda-feira, um barco com 200 pessoas a bordo encalhou ao largo da ilha de Rodes, na Grécia, fazendo pelo menos três mortos e dezenas de desaparecidos.

Vídeo divulgado por um jornal local mostra o momento de resgate após o naufrágio.

No fim de semana terão morrido mais de 700 migrantes num naufrágio no Canal da Sicília.