A gripe já provocou, pelo menos, 588 mortos desde 01 de janeiro no México, a maioria dos casos devido ao vírus AH1N1, e 5.368 casos de contágio pelo vírus, informou o Ministério da Saúde do país.

Em comunicado, a instituição assinala que dos casos de contágio, 4.403 referem-se ao vírus do tipo AH1N1, 432 à estirpe AH3N2, 99 do tipo B e 434 a outras variantes.

Entre as vítimas mortais 537 estavam infetadas com a estirpe AH1N1, sete com a AH3N2, uma com a tipologia B e 43 de outras variantes.