Pelo menos quatro pessoas foram atingidas por balas durante confrontos registados esta quarta-feira num bairro dos subúrbios da capital liberiana, Monrovia, que está sob quarentena por causa da epidemia do vírus ébola que afeta aquele país.

Os confrontos entre as forças de segurança e os habitantes de West Point começaram quando elementos da polícia entraram no bairro para retirar uma representante do Estado que reside naquela zona com a respetiva família, segundo o relato de um jornalista da agência francesa AFP e de testemunhas locais.

A ação da polícia indignou os residentes, que começaram a juntar-se numa zona do bairro em sinal de protesto.