Dois turistas britânicos foram encontrados mortos, esta segunda-feira, numa praia em Koh Tao, uma ilha na província de Surat Thani, no Sul da Tailândia.

De acordo com a polícia local, citada pelo jornal britânico «The Guardian», um homem, de 24 anos, e a mulher, de 23 anos, apresentavam ferimentos graves na cabeça. As autoridades acreditam que os dois terão sido atacados com uma enxada. As roupas das vítimas e uma enxada com manchas de sangue foram encontradas nas proximidades.

Um oficial da polícia local, Jakkrapan Kaewkhao, disse à AFP que o casal foi assassinado e encontrado nu numa praia rochosa da ilha, que é popular pelos locais de mergulho. «Os corpos foram encontrados a 30 metros [100 pés] do bungalow», precisou Jakkrapan. O responsável acrescentou que o casal tinha chegado à Tailândia no dia 25 de agosto.

O Ministério britânico dos Negócios Estrangeiros já fez saber que está a investigar o caso: «Estamos cientes da morte de dois cidadãos britânicos a 15 de Setembro, na ilha de Koh Tao, no Golfo da Tailândia. A embaixada está a procurar com urgência informações junto das autoridades locais e estamos prontos para prestar assistência consular quando necessário».

Os detetives da polícia apelaram entretanto à ajuda de testemunhas na investigação. Em busca de pistas, os mesmos detetives verificaram imagens do circuito interno de videovigilância perto de restaurantes, hotéis e lojas.

Um empregado do resort à beira-mar, onde as duas vítimas estavam hospedadas, contou à AFP que os corpos foram encontrados atrás de grandes rochas na praia. «Foi a primeira vez que isto aconteceu na ilha, eu nunca vi nada assim», afirmou o funcionário, que pediu anonimato.

A imprensa local refere que houve uma festa na praia para cerca de 50 pessoas, a maioria turistas, no domingo à noite, e que durou até esta segunda-feira de manhã.