Os afetados pelas inundações no Paraguai já superam as 160 mil pessoas, número que foi aumentado pelo agravamento da situação em Assunção, onde estão 50 mil vítimas da subida das águas do rio que dá nome à capital.

A Secretaria Nacional de Emergência confirmou na quarta-feira à Efe o número de afetados na capital paraguaia, que na terça-feira ascendia a 45 mil pessoas.

A situação tornou-se crítica em Assunção, pelo que vários eleitos anunciaram que vão pedir ao Presidente Horacio Cartes que autorize todos os quartéis da cidade a acolher os necessitados.