Vários atentados à bomba que visavam maioritariamente zonas xiitas da capital iraquiana fizeram este sábado pelo menos 24 mortos e mais de 80 feridos, de acordo com fontes médicas e das forças de segurança citadas pela agência francesa AFP.

Seis atentados com carros-bomba e uma explosão na berma da estrada em sete áreas diferentes de Bagdad foram os responsáveis por 24 mortos e mais de 80 feridos, e aconteceram quando as forças de segurança combatiam forças radicais em Mossul, que mataram 59 pessoas em ataques desencadeados hoje.

Este foi um dia no Iraque marcado pela violência, depois de um grupo radical islâmico ter feito reféns centenas de estudantes e funcionários de uma universidade em Ramadi, a oeste de Bagdad, tendo as forças de segurança já libertado os estudantes.