Um grupo de atiradores, suspeitos de serem extremistas islâmicos, mataram esta segunda-feira 44 fiéis num ataque a uma mesquita no nordeste da Nigéria, disse um alto funcionário do Governo.

«Os atiradores, que se suspeita serem membros do Boko Haram, entraram na mesquita e abriram fogo sobre os fiéis muçulmanos, matando 44», afirmou o oficial sob a condição de anonimato.