Quase 300 crocodilos foram abatidos, em modo de vingança, pelo povo de uma aldeia na Indonésia, este fim de semana.

O incidente ocorreu logo depois do funeral de um homem, de 40 anos, que foi morto por um crocodilo, no estado de Papua Ocidental. O homem estava numa quinta de crocodilos, provavelmente, a procurar alimento para o seu gado, quando foi atacado por um dos animais, na sexta-feira.

Depois de ter sido enterrado, no sábado, os aldeões invadiram a quinta e mataram todos os crocodilos que lá estavam, revela Basar Manullang, chefe da Agência de Conservação de Recursos Naturais da Indonésia, à agência de notícias Reuters.

As imagens do acontecimento mostra uma multidão à volta das centenas de crocodilos mortos.

Um residente local, Olga, revelou que os assassinos dos animais utilizaram facas.

Era tão horrível de ver", recorda Olga.

A quinta estava a funcionar legalmente e tinha licença para criar alguns tipos de crocodilos, mas uma das condições era que os répteis não perturbassem a comunidade.

Manullang acrescenta ainda que a sua agência está a ajudar a polícia local nas investigações.