A Agência italiana do Medicamento está a investigar a morte de 11 pessoas que nos últimos dias foram vacinadas contra a gripe.

«A AIFA está a recolher todos os elementos necessários para verificar caso a caso», explicou a entidade, num comunicado pela Lusa.

A vacina sob suspeita (Fluad) é produzida pela empresa Novartis Vaccines and Diagnostics.

Segundo a comunicação social italiana, não foi distribuída no estrangeiro e só está disponível em Itália.