Seis homens foram mortos no sábado depois de terem atacado um grupo de soldados perto da localidade de Matamoros, no nordeste do México, anunciaram as autoridades.

Os factos aconteceram durante a manhã, na localidade perto da fronteira com os Estados Unidos, “quando os militares efetuavam operações de reconhecimento no terreno”, indicou o grupo que coordena as atividades anticrime do estado de Tamaulipas, onde fica Matamoros.

Os homens, que circulavam em dois veículos, “abriram fogo sobre os militares com intenção de lhes escapar”, indica o comunicado.