Pelo menos 11 pessoas morreram e outras 17 ficaram feridas em confrontos no norte do México entre as forças de segurança e gangues, informaram as autoridades locais no sábado.

Os Estados de Tamaulipas, Durango e Sinaloa, onde os cartéis de droga têm uma forte presença, foram o palco dos confrontos.

Na cidade de Reynosa, perto da fronteira com os Estados Unidos, morreram cinco pessoas e outras nove ficaram feridas em confrontos no sábado, segundo a agência AFP.

Na localidade de Otaez foram registadas, pelo menos, três mortos e em Culiacan outras três, bem como oito feridos.

A guerra às drogas no México já causou cerca de 70 mil mortos, de acordo com a AFP.