Um incêndio que deflagrou na noite passada num campo de refugiados na Argélia matou 18 migrantes africanos e feriu outros 43, divulgaram hoje os serviços de emergência argelinos.

“O alerta do incêndio foi dado pelas 03:00 locais (02:00 em Lisboa) e matou 18 pessoas, deixando outras 43 feridas, no campo que acolhe migrantes em Ouargla, a 800 quilómetros de Argel”, disse Farouk Achour, porta-voz da Proteção Civil local.

Até ao momento, as causas do incêndio não são conhecidas nem as nacionalidades das vítimas.